O quadro de cargas de um projeto é composto pelo agrupamento de diversos cálculos, dentre quantitativo de potencias, cálculo de corrente, distribuição de circuitos e balanceamento de fases, identificação de fiação, fator de potência, indicação de entrada de energia dentre outros detalhes que envolvem o quadro elétrico especifico.

O quadro de cargas pode ser representado tanto em uma tabela ou arquivo fora do projeto como aquelas feitas no software Excel, ou também você pode desenvolver o quadro de cargas em um desenho em dwg no AutoCAD, onde temos varias funcionalidades para automatizar o quadro de cargas, criando cálculos automáticos.

Para iniciarmos o preenchimento dos dados do quadro de cargas temos que primeiramente estudar e analisar a planta baixa do projeto elétrico, e desenvolver a planta baixa elétrica, apos distribuir os circuitos com suas respectivas potencias, passamos a inserir os dados no quadro de cargas.

Em um projeto elétrico também temos os quadros de cargas que são compostos de outros quadros, mas a base para inserir os dados é a mesma, para isso basta inserir os dados de outros quadros como se fossem circuitos.

Para manter a organização de um quadro de cargas sempre devemos identificar os circuitos da melhor maneira possível, indicando de onde vem cada circuito.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram